PRAZER E DOR COMO CAMINHOS DE CONHECIMENTO

Senda do Conhecimento

12- PRAZER E DOR COMO CAMINHOS DE CONHECIMENTO


Um grande prazer não o deixará simplesmente mais feliz e satisfeito, mas pode ser o mensageiro de qualidades no mundo que até agora lhe escaparam. Isso o deixará calmo e, por meio da calma, as características dos seres que dão prazer se revelarão. A dor não mais apenas o encherá de tristeza, mas será capaz de dizer-lhe também quais são as qualidades daquilo que causa a dor. Assim como o olho nada deseja para si mesmo, mas mostra ao homem a direção do caminho que ele deve tomar, o prazer e a dor guiarão a alma com segurança ao longo de seu caminho. Este é o estado de equilíbrio da alma que o buscador do conhecimento deve alcançar.

Quanto menos o prazer e a dor repercutirem, com suas vibrações, em sua vida interior, tanto mais formarão olhos necessários para a percepção do mundo supra-sensível. Enquanto um homem viver no prazer e na dor, não conseguirá obter conhecimento por meio deles. Quando aprende a viver por meio deles, quando afasta deles seu sentimento de identidade, então eles se tornam seus órgãos de percepção e ele vê por meio deles, alcançando o conhecimento. É incorreto pensar que aquele que busca o conhecimento se torna um ser seco e sem cor, incapaz de experimentar alegria e tristeza. Alegria e tristeza estão presentes nele, mas quando ele busca conhecimento no mundo espiritual, elas estão presentes de uma forma transformada; eles se tornaram olhos e ouvidos.

Rudolf Steiner

 – TIRE OUTRA CARTA DO ORÁCULO –


CONHEÇA TODAS AS CARTAS DA SENDA DO CONHECIMENTO:


FAÇA UM PIX E AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:

Chave Pix – CPF: 026.322.796-07
Titular: Leonardo André Fonseca Maia




Faça um PIX para a Biblioteca:

Chave PIX - CPF: 026.322.796-07

Titular: Leonardo André Fonseca Maia

 
Holler Box

Dia 28 de janeiro - Palestra online:

Contribuição livre - você contribui se quiser

- INSCRIÇÕES - clique aqui -