COERÊNCIA ENTRE O PENSAR E O AGIR

Senda do Conhecimento

9- COERÊNCIA ENTRE O PENSAR E O AGIR


O que aquele que busca o conhecimento empenha em seu pensamento, ele também deve empenhar em suas ações. Ele deve ser capaz de agir de acordo com as leis do nobre belo e do eternamente verdadeiro, sem quaisquer influências perturbadoras de sua personalidade. Essas leis devem ser capazes de dirigi-lo constantemente. Se ele começar a fazer algo que ele reconheceu como certo e descobrir que seus sentimentos pessoais não são satisfeitos por essa ação, ele não deve, por essa razão, abandonar o caminho que trilhou. Por outro lado, ele não deve persegui-lo apenas porque lhe dá alegria, se ele descobrir que não está de acordo com as leis do eternamente belo e verdadeiro.

Na vida cotidiana, as pessoas permitem que suas ações sejam decididas por aquilo que as satisfaz pessoalmente, por aquilo que dá frutos para elas. Ao fazer isso, eles impõem aos eventos do mundo a direção de sua personalidade. Eles não trazem à compreensão a Verdade que é traçada nas leis do mundo espiritual, ao invés, eles percebem as demandas de sua vontade própria.

Só agimos em harmonia com o mundo espiritual quando seguimos suas Leis. Do que é feito apenas pela personalidade, não resultam as forças que possam formar uma base para o conhecimento espiritual. O buscador do conhecimento pode não perguntar apenas: “O que me traz vantagens; o que me trará sucesso? ” Ele também deve ser capaz de perguntar: “O que eu reconheci como bom?”

Rudolf Steiner

 – TIRE OUTRA CARTA DO ORÁCULO –


CONHEÇA TODAS AS CARTAS DA SENDA DO CONHECIMENTO:


FAÇA UM PIX E AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:

Chave Pix – CPF: 026.322.796-07
Titular: Leonardo André Fonseca Maia




Faça um PIX para a Biblioteca:

Chave PIX - CPF: 026.322.796-07

Titular: Leonardo André Fonseca Maia

 
Holler Box

Dia 28 de janeiro - Palestra online:

Contribuição livre - você contribui se quiser

- INSCRIÇÕES - clique aqui -