A Antroposofia e o Bolsonarismo


A ANTROPOSOFIA E O BOLSONARISMO

Leonardo Maia


Como antropósofos apoiam um ser humano que tem como herói um torturador que enfiava ratos na vagina de mulheres durante sessões de tortura? O que aconteceu no meio antroposófico?


Steiner disse que a Antroposofia surgirá no indivíduo como uma necessidade do coração e do sentimento. Que para conectar-se ao Espiritual, ele deveria buscar em seu ambiente e em suas vivências, o que lhe possa causar admiração e respeito com disposição devocional. Pergunto, o que tem causado admiração e respeito com disposição devocional aos Antropósofos apoiadores de Bolsonaro?

Daí surgem várias questões:

Como podemos falar de um desenvolvimento moral baseado em um amor altruísta, que, segundo a Antroposofia, é a missão do ser humano na presente Terra e ao mesmo apoiar um ser humano que é favorável a tortura, grupos de extermínio e etc?

Como podemos falar sobre Agricultura Biodinâmica e apoiar um governo que tem uma política de liberação de agrotóxicos em prol do lucro capitalista?

Como podemos falar de Filosofia da Liberdade e apoiar um governo que busca silenciar tudo e todos que questionam ou vão contra a sua política governamental?

Falar de Arte como expressão pura do Espírito e defender quem marginaliza e dogmatiza sua expressão?

Falar sobre a harmonia do homem e a natureza e apoiar um governo que é contra as políticas de proteção ambiental e dos povos nativos (indígenas)?

Percebemos uma contradição entre os valores da Antroposofia e os valores que alguns antropósofos apoiam como representação política. Aquilo que falo e discurso sobre a Antroposofia realmente vive no meu coração ou se trata de uma conceituação estática e morta, sem vida? Um discurso intelectualizado que não reverbera na alma?

O que está acontecendo?

Bom… existe uma crise, muitas dúvidas surgiram e muitas pessoas não estão entendendo esse processo e, ao mesmo tempo, acontece um movimento que busca abafar o que está acontecendo, sob a justificativa de que a Antroposofia não se manifesta no âmbito político. Mas como um aspecto tão crítico pode ser ignorado?

Este tema específico não pode ser transformado em tabu, pois o contexto pode criar uma neblina em cima da realidade. Este é um aspecto extremamente relevante tanto para a realidade humana atual (material e espiritual) quanto para a própria Antroposofia, que passa a ser apresentada sob uma perspectiva meramente conceitual, fora da vivência anímica, desvinculada das forças que emanam do coração. Muitas pessoas me perguntam: “como pode pessoas do meio Antroposófico apoiarem Bolsonaro? Falam de Impulsos Crísticos, altruísmo, amor altruísta e etc, mas apoiam um cara que tem como herói um torturador? A Antroposofia não é verdadeira…”. E eu concordo com eles, “essa Antroposofia” não é, pois se ela não reverbera no coração humano, na alma individual, passe a ser apenas uma conceituação estática e intelectualizada.

Como a realidade se tornou tão difusa e distorcida? Como valores e impulsos Crísticos se inverteram?

Aí temos que que analisar na perspectiva de Cristo e sua oposição, chamada de Sorat. Steiner alerta sobre sua atuação, que ameaça a cristandade – que procura pelo verdadeiro humanismo, fazendo valer a animalidade contra o humanismo. Disse Steiner no Apocalipse de João:

“…estas são tentativas, pelo lado de Sorat, de penetrar em primeiro lugar, pelo menos temporariamente, em consciências humanas e causar desgraça e confusão… e antes do término do século 20 ele se mostrará a aparecer em numerosos seres humanos como aquela entidade da qual estão possessos: exteriormente serão naturezas extremamente fortes com traços furiosos, com fúria destruidora em suas emoções…”

Pessoalmente, essa descrição me remete muito a figuras como Trump e Bolsonaro… além obviamente de parecerem contrários ao humanismo – vide que Steiner diz que Sorat faz valer a animalidade contra o humanismo. Perceba também que muitos dos seus seguidores mais fanáticos se tornam extremamente agressivos – tem uma tendência oposta à cordialidade, ao respeito, à compaixão e ao altruísmo. E no extremo, culminando na violência, simplesmente querendo a morte dos opositores, divergentes ou mesmo aqueles que sejam descartáveis (no caso podemos citar imigrantes, negros/latinos, muçulmanos ou seguidores de outras doutrinas que não sejam a da representação que eu sigo, homossexuais e etc…) – a oposição completa ao humanismo, a bestialidade contra a humanidade.

Como isso pode estar acontecendo na consciência individual das pessoas?

Bom, devemos analisar da perspectiva Lúcifer e Ariman, onde Lúcifer dissolve a percepção dos fatos em si e Ariman coagula a interpretação, de acordo com as intenções.

Por isso que temos que ter ciência da atuação as forças de Lúcifer e Ariman. Cristo seria o ponto de equilíbrio entre essas polaridades (Lúcifer e Ariman), onde a compreensão é sempre encontrada no ponto de equilíbrio. Mas as chamadas “forças adversas” atuam de forma a distorcer a percepção da realidade na consciência individual, por isso vemos tanta gente cega com o que está acontecendo, e isso vai além do intelecto. Por exemplo, uma distorção (Lúcifer) criada para gerar uma inversão de valores foi coagulada (Ariman) na consciência individual de muita gente. Como Cristo caminha em direção à verdade, esse desequilíbrio provavelmente vem do impulso contrário (Anticrístico – vide Sorat). Basta ver que os valores Crísticos também estão se invertendo nas consciências individuais. O que nos parece um absurdo é a atuação dessas forças na consciência individual.

Quanto mais genérica e dissolvida a narrativa dos fatos, mais moldável a qualquer interpretação, ainda se analisarmos com relação ao processo temporal, pode se utilizar a mentira da própria narrativa (vide a onda de fake news atual) – o que sempre foi muito comum historicamente. Esse processo foi utilizado para gerar um “inimigo maior”, invisível, que desperta um ódio incontrolável no indivíduo e justifica todos os meios para sua eliminação e isto está coagulado em muitas consciências individuais (e isto não é apenas no Brasil).

Por isso se pontua as questões… Por exemplo quando não é pontuado nenhum dos absurdos que o Bolsonaro está fazendo e mesmo representa – isso é uma ação totalmente Luciférica pois dissolve a realidade e a molda conforme minha interpretação – geralmente utilizada como forma a me autoafirmar por pessoas com o Eu mais forte, no caso de pessoas com o Eu mais fraco ela serve para reafirmar minha ideologia de grupo, seita ou representação (vide Gog e Magog – Apocalipse de João, Rudolf Steiner).

Este é um tema super delicado e que não pode ser desmerecido ou ignorado. Quais são os valores que te despertam o interesse pela Antroposofia e vivem em seu coração e em seus atos?

Leonardo Maia


PS: Pessoal, gostaria de agradecer o debate e fazer algumas colocações aqui:

– Não, eu não sou petista nem esquerdista. Sou humano e defendo valores e ações éticas e morais. Poderia ser o Lula, o Ciro, o Bolsonaro, a esquerda, a direita, o centro, o Papa, a Igreja, Hitler, Steiner ou Cristo apoiando torturador ou grupos de extermínio que criticaria da mesma forma. Se duvida, acesse meu perfil e vá até a época dos governos de Dilma e Lula e vejam as publicações.

– Toda a conceituação do texto é fundamentada na Antroposofia e os questionamentos são de ordem pessoal: portanto fundamentem as afirmações. Para a Antroposofia, o desenvolvimento moral deve ser baseado em um amor altruísta é a missão do ser humano na presente Terra. As atitudes morais devem preservar a liberdade individual, isto é, não devem ser baseadas em imposições exteriores de mandamentos, dogmas e leis, mas irradiar do amor e do conhecimento individuais em plena liberdade (vide Sociedade Antroposófica do Brasil). Portanto, se você apoia ações e posicionamentos que não caminham nessa direção, você está indo na direção contrária. Estes impulsos devem viver na alma do indivíduo, ele não pode ser um discurso meramente intelectual. Este é o questionamento principal do texto.

– Dizer que a Antroposofia não trata desses assuntos não é verdade. A Antroposofia um método de conhecimento da natureza do ser humano e do universo (vide Sociedade Antroposófica no Brasil) e suas relações. No primeiro setênio o mundo é bom, no segundo é belo e a partir do terceiro o mundo é “Verdadeiro”. A Antroposofia busca a verdade e está conectada à realidade… nada pode ser ignorado ou desconsiderado, senão ela mesma não pode se vincular ao Espírito Vivo. Ela não busca apenas o que me convém ou me autoafirma. Muitas pessoas, no momento em que os conceitos Antroposóficos vão no caminho oposto ao escolhido, ou a desvirtuam, ou desvinculam-na da realidade, ou seja, anulando sua relação com a vida em si. No extremo, a ignoram e entram na pura negação: não vou enxergar tal fato ou tal questionamento não é digno de reflexão, ou mesmo, a Antroposofia não deveria se meter nesses assuntos.

– Estava ciente que meu questionamento iria gerar ataques a minha pessoa e à página além da perda de apoiadores que apoiam o governo: xingamentos, autoafirmações unilaterais sem argumentação e conceituação ou comentários que desvirtuam o ponto questionado. Como mencionaram, muitas dores das incoerências individuais seriam projetadas.

Sou um ser humano e não sou dono da verdade, mas meus questionamentos são sinceros e honestos – similar ao de inúmeras pessoas vinculadas ou não à Antroposofia. Mas como Steiner indicou, terei coragem de perguntar: do medo quero arrancar o domínio e entregá-lo ao amor.

Agradeço a compreensão…

Leonardo Maia


APOIE ESTE TRABALHO:

Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:

37 opiniões sobre “A Antroposofia e o Bolsonarismo”

  1. Bom dia.
    “Como a realidade se tornou tão difusa e distorcida? Como valores e impulsos Crísticos se inverteram?”
    O povo votou em um Messias (o Lulo-PeTismo) que o iludiu com mentiras e migalhas enquanto prosseguia entregando nossas riquezas a grupos poderosos. Isto criou desilusão, desesperança, desemprego e desespero. Creio que Steiner bem abordou este tema da desesperança.

    1. Realemente o Governo Bolsonaro não vendeu a base de Alcântara isso foi na Dinamarca. Nem vendeu a Petrobras que prestei serviços e conheço bem seu poder. Nem vendeu a Embraer aliás essa empresa não era brasileira era alemã. Bolsonaro não vendeu nada menino bom com boas palavras. Coração de ouro gente boa Gosta de torturador isso é normal. Ou vc tb gosta de tortura ?

    2. Concordo com o cristianismo do Bolsonaro na descrição bíblica que diz, o diabo é o pai da mentira. Por isso ele se mostra como cristão e exitem tantos ditos cristãos que o apoiam

  2. As pessoas atualmente se sentem envoltas em uma aura heroica quando se contrapõe a um dos polos em que a nossa sociedade se partiu. Não percebem que está demonização não existe, nem de um lado, nem de outro é que a Antroposofia sempre aponta pata o equilíbrio dinâmico entre dois extremos.

  3. O Sr deveria ter mais respeito pelos Bolsonaristas Patriotas desta nação. É um absurdo o que escreveu neste texto! Sou estudiosa da Antroposofia e repudio suas palavras a respeito do Presidente Bolsonaro.

    1. Sugiro que a senhora conteste analiticamente os pontos colocados no texto, ao invés de adjetivá-lo genericamente de “absurdo”.
      Eu, que também sou estudiosa da Antroposofia e membro da Sociedade Antroposófica há bastante tempo, concordo com todo o conteúdo do texto. Apenas faço uma ressalva ao título que, a meu ver, deveria ser O Movimento Antroposófico e o Bolsonarismo e não A Antropodofia e o Bolsonarismo.

    2. Nossa, sua vida deve ser uma montanha russa de emoções. Cristão e BOLSONARo são palavras que não combinam entre sim. Ou vc é um, ou outro! Ou é como seguir Jesus e adorar ao Diabo ao mesmo tempo. Um tanto quanto confusa sua frase!

  4. Excelente! É preciso dizer,gritar aos quatro ventos que o bolsonarismo é uma aberração! A extrema direita é incompatível com os valores crísticos,humanistas, éticos.

    1. Excelente texto, um absurdo apoiar um sujeito considerado fascista POR TODA MÍDIA INTERNACIONAL, TODA ELA, SEM EXCEÇÃO. Muita contradição quem apoia a Biodinâmica, a vida das abelhas, cultua a arte e o amor, o humanismo, votar nesse sujeito. Muito incoerente mesmo. E pior, ele não fez nada de bom ao país, absolutamente nada, muito pelo contrário, só destruição. Ele é hoje rejeitado praticamente pelos líderes do mundo todo, com raríssimas exceções. Não reconhecer isso é cegueira.

      1. O que é fascismo? Ouço muito essa palavra a respeito do Bolsonaro, mas acredito que todos os que a usam não estão atinando para seu significado! Por favor, me expliquem o que é fascismo, atualmente! Luladrão elegeu empresas queridinhas, às quais elevou o status e o capital com o erário público, sempre em troca de apoio financeiro… Achei que isso era fascismo, tal qual praticado por Benito Mussolini e Getúlio Vargas! Ainda não vi Bolsonaro praticar algo assim, então, O QUE É FASCISMO???

  5. Grata Leonardo por suas reflexões.
    Ilumina pergunta muito viva em mim.
    Até entendo desesperança com o que veio antes, mas me parece incompatível estudar Steiner e apoiar transformar a mao de uma criança numa arma.

  6. Lamentável sua forma de “tachar” as pessoas como seguidores do Bolsonaro, a maioria ( eu me incluo) votou nele para tirar o Lula e sua quadrilha do poder… ponto! Daqui pra frente só o tempo para nos mostrar a separação do joio e do trigo… Não use a antroposofia para defender suas convicções políticas…
    Ah! Pergunto a todas as pessoas assim como você, mas até hoje ninguém ainda me deu uma resposta…!
    Quem você quer governando nosso país? !
    O Brasil, para você, estava indo bem até o Bolsonaro entrar para presidente ??!

    1. a pergunta é para todos? então, não, não tava indo bem ate Bolsonaro chegar, pois antes dele houve o golpe contra a Dilma. Para governar o país, que tal alguem que olhe pelo povo, e não pelas grandes corporações, pela elite, pelo agronegócio, pelos venenos, pelo perdão aos devedores milionários, alguem que olhe pelo SUS, que cuide do povo…que tal.? porque, amigo, se vc acha que Bolonsauro ta fazendo isso…lamentavel, mas vc é cego ou somente oportunista

    2. a minha pergunta é: quando é que o Brasil “foi bem”, com exceção de alguns anos (em que, por coincidência ou não, Lula estava no poder) e o que é ir bem? Atacar índios? Exterminar negros e pobres? Reduzir as mulheres?

  7. Eu faria um reparo no texto. Reparo que, porém, para mim é crucial à idoneidade do mesmo…
    Refere-se a uma mudança no título (ou seja, em seu Nome).
    Eu escreveria: “Alguns antropósofos e o bolsonarismo”.
    Como está feito, não faz juz ao conteúdo, e o deturpa antes que este venha.

  8. Compartilho das ideias do autor. Simplesmente não dá pra aceitar as atrocidades que estão acontecendo e a postura deselegante e grotesca deste presidente. Essa pauta é legítima .

    1. É evidente que o título precisa ser adequado, porém a reflexão que o texto nos leva a ter é totalmente válida. Como defender o contato com a natureza e acreditar em um presidente que não faz nada para protegê -la ? É a mesma coisa eu pregar Deus para todos e cometer maldades com o próximo. Coisa ambígua, né? É disso o que o texto trata. Dessa ambiguidade evidente no meio antroposófico. Como pode um antropósofo estar alinhado com o pensamento de um presidente como este? Ou é, ou nunca foi!
      Sugiro àqueles que dizem ser “estudiosos da antroposofia” a reverem seus conceitos acerca da mesma. E detalhe: Lula está para Antroposofia assim como Bolsonaro está para o Nazismo. Tirem suas conclusões.

  9. Pois é aí pega um texto desse altamente cheio de rancor e desacordos,tentando colocar na cabeça de pessoas ideias de tendências comparando claramente com um conceito pessoal,oque temos um é uma realidade e lidar com política tentando explicar coisas com teólogos, antroposóficos ou filósofos, não vai apagar a historia e nem vai fazer mudar fatos ,encontra eles não há argumentos, seria mais fácil buscar uma explicação psicológica dos cidadãos que vcs confiaram e foram enganados verdadeiramente,o resto é pra encher linguiça, Chega de Mentiras e lavagem cerebral,caiam na Real…..

  10. De fato, seguir Jesus e Bolsonaro ao mesmo tempo acho bem difícil. Como seguir um caminho do bem, crístico, apoiando um ser que se colocar contra, em alguma esfera, os índios, os negros, os gays, as mulheres? Alguém que apoia explicitamente a tortura? Que libera fazendeiros para matar indígenas, os donos originais da terra? O que há de Cristo nessas atitudes?

  11. Ele fala sobre o que é contra , mas não tem coragem de dizer de fato o que é a favor, Lula livre, roubo, corrupção.É a favor de todos aqueles que
    causaram a atual penúria do país , defende aqueles que sao a origem do maior índice de desemprego dos ultimos anos ,dos que hoje não tem serviços de saúde, dos desempregados , do pior nivel de classificação do ensino do país .Ando na minha cidade e vejo mendigos e violência por toda parte.
    Que grupo de pessoas que por 16 anos estava no poder desse país e trouxe esse caos social. Esse é o seu lado.
    Se responsabilize por isso primeiro para poder falar alguma coisa de qualquer outro governante que apenas pegou o rebutalio de uma administração desastrosa.

  12. Leonardo Maia, tenho muito respeito a antroposofia e admiração às pessoas praticantes dessa filosofia. Você colabora de maneira honesta na educação integral dos Seres. Acredito que estamos vivendo um processo profundo e revelador de educação mútua, em colaboração , daí a necessidade de compartilharmos o conhecimento e a sabedoria que nos foram possibilitadas . Você é insiprador!❤️❤️❤️❤️

  13. Parabens Leo. E muito obrigada por ter trazido isso mais explicitamente. Mas pelos comentários talvez alguns ainda precisem que a gente desenhe….pra entenderem do que se trata realmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *