A TERRA COMO ORGANISMO VIVO


A TERRA COMO ORGANISMO VIVO

Rudolf Steiner – GA 127

Tradução livre: Leonardo Maia


Diante da perspectiva antroposófica da Terra como organismo vivo, que está além de uma rocha com ambientação ideal para gerar vida, e da perspectiva do impulso para ação através da Vontade, nós como estudantes da Antroposofia ou mesmo “antropósofos”, deveríamos ter que atitudes em relação ao meio ambiente? De integração e sacramentação ou de mera exploração? E sobre a liberdade individual, deveria existir um posicionamento pontual, ou não interferir na liberdade individual de sacramentar ou de destruir (mesmo que isso tenha impacto na vida de inúmeros seres e indivíduos) e não se posicionar, ou mesmo apoiar um contexto em contraponto, ou seja, num extremo apoiar um projeto de exploração econômica predatória de larga escala em relação ao meio ambiente, mesmo considerando-se “antropósofo”? (com a justificativa que minha liberdade me permite, que cada um deve olhar para dentro de si e etc…)


A Terra é um organismo real, uma verdadeira criatura viva… Nós, naturalmente, pertencemos a este organismo terrestre, somos parte de toda a criatura viva chamada “Terra”.

Quando um processo inflamatório ocorre no corpo humano, o corpo inteiro é tomado por uma febre, o corpo inteiro é tomado por uma doença. Se transferirmos isso para o organismo da Terra, podemos dizer que é verdade que em algum lugar da Terra ocorre um ato imoral; então, para todo o organismo Terra é o mesmo que para uma pessoa um pequeno abscesso no corpo humano que faz todo o organismo doente…

Todo o organismo da Terra sofre com tudo o que não é moral e, como indivíduos, não podemos fazer nada imoral sem o organismo da Terra inteiro sofrer com isso. Essa é, em essência, uma idéia muito simples, mas é entendida por pessoas com dificuldade.

Rudolf Steiner – GA 127


 RECEBA NOSSA NEWSLETTER:


 AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:




Tradução livre: Leonardo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *