Biografia Humana – Genealogia

BIOGRAFIA HUMANA – GENEALOGIA

Adriana Franca

Fonte: Casa Pássaro Atelier Biográfico – clique e conheça

árvore

Inscreva-se em nosso site e receba informações sobre os trabalhos da Biblioteca:

inscreva se

linha

“Não somos seres humanos
vivendo uma experiência espiritual,
somos seres espirituais
vivendo uma experiência humana.”

Teilhard de Chardin

linha

Como prometido, vou falar sobre a biografia humana e de como uma observação fenomenológica da nossa vida nos ajuda a tomá-la em nossas próprias mãos, a sermos senhores e senhoras dela.

Tomado em sentido etimológico, o termo fenomenologia provém de duas palavras gregas, phainomenon: o que aparece e brilha,  aquilo que se mostra, que aparece para nós, e primeiramente pelos sentidos. Logos: estudo, ciência,  a capacidade de refletir e de desenvolver um discurso esclarecedor. Assim, seu sentido primeiro é ciência ou estudo dos fenômenos. A amplitude deste sentido permite identificar a fenomenologia com a própria investigação filosófica, uma vez que esta deve, necessariamente, partir disso que se apresenta, dos fenômenos, de modo a conferir-lhes uma unidade de sentido.  A fenomenologia é uma atitude de observação e reflexão acerca do fenômeno que se apresenta para nós na relação que estabelecemos com os outros e com o mundo.

Cada biografia é individual. Mais de 7 bilhões de seres humanos vivendo na Terra e cada um de nós é único. Especialmente único. E na medida que vamos vivendo, experimentando, crescendo, escrevemos a nossa história, a nossa experiência aqui na Terra.

Mas existem certas leis que regem esta experiência que nos torna humanos. Sim, na verdade vamos nos tornando humanos ao longo da nossa existência.

Essas leis da existência, essas leis espirituais, são inerentes a todos nós e vão tecendo, tramando este tecido que sustenta o desenvolvimento da nossa individualidade e de todos nós através dos encontros, dos desencontros, das experiências e vivências, sejam elas físicas, emocionais ou espirituais.

Quando vivemos e experimentamos, fazemos nossas escolhas. Sentimos o outro e o mundo, observamos a natureza e a obra humana e vamos tomando consciência (ou não) disso tudo.

Esta é a nossa biografia.

De novo do grego antigo: bio quer dizer vida e grafia, escrever, escrita.

Vou  falar um pouco desta escrita, do ponto de vista das leis biográficas, observadas através da ciência espiritual, a Antroposofia.  Vou começar pela nossa genealogia e nossa árvore genealógica.

Ao longo de nossa jornada por aqui, temos que fazer escolhas, muitas escolhas … Acredito que até o lugar do nascimento, nossos pais, família e o contexto em que chegamos ao mundo também seja uma escolha. Se você não acredita nisso, considere como hipótese.

Dentro deste contexto, vamos observar antes do nascimento: a escolha da época, do  lugar que nascemos, família, características desta família tais como: habilidades, dificuldades, predisposições profissionais, predisposição aos vícios, virtudes, doenças, características físicas e tudo que pudermos trazer para esta observação.

Neste momento nos colocamos como observadores da nossa  história. Estamos diante dela, da nossa  condição humana. Buscamos assim a consciência sobre nós mesmos.

E nesta observação das condições escolhidas para o nascimento, é interessante olhar para  fotografias dos nossos antepassados, dos nossos pais, do momento do nosso nascimento. Conversar com os mais velhos, trazer memórias, fatos vividos na família, segredos, enfim, tudo que puder vir a tona, é muito bem vindo. Podemos nesse momento deparar com fatos surpreendentes acerca da nossa condição, escolhas e características. E mesmo que não fiquemos satisfeitos com o que encontramos,  ainda assim foram escolhas… nossas. E por isso mesmo, um carinho é bem vindo ao olharmos para elas. Afinal elas nos formaram e estão a nos formar. E não cabe dizer “não quero olhar para isso”, “isso não me pertence”, “não quero saber”.

Sabemos que não  é assim que acontece. Tudo está lá, guardado em nós, naquele lugar secreto. E o melhor a fazer é cuidar muito bem daquilo  que guardamos.  Tentar trazer à tona estes sentimentos, os fatos vividos, as habilidades que conquistamos, o nosso lado belo e o feio também, e na medida do possível buscar as transformações que precisamos e que somos capazes de realizar. Temos em nós as ferramentas para a nossa atuação no mundo.

Cabe aqui fazer-nos algumas perguntas:

1. Quais são as heranças que recebi e acolhi ao longo da vida?

2. E quais são aquelas que tomei consciência e precisei trabalhar e desenvolver? Ou transformar?

3. Desenvolvi alguma forma de resistência, enrijecimento ?

4. Quais os principais valores e crenças que carreguei comigo?

5. Estes valores e crenças me ajudam ou impedem o meu desenvolvimento?

linha

Ajude a divulgarmos o trabalho…

unlock 3

Não espere que os outros transformem a realidade por nós, atue. Com um pouco de cada um isto é possível:

Quero ajudar – clique aqui

 

linha

Últimas postagens – Leia também:

  • O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio Fingers Pointing Each Other
  • A opinião que difere da minha A opinião que difere da minha
  • Conexão interna: Estamos distraídos Conexão interna: Estamos distraídos
  • Vincular uma tarefa ao seu destino Vincular uma tarefa ao seu destino
  • Jardim de sojas Jardim de sojas
  • Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos
  • A tirania e o corrompimento da alma A tirania e o corrompimento da alma
  • Os véus da percepção Os véus da percepção

Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:

Uma opinião sobre “Biografia Humana – Genealogia”

  1. "Tudo está lá, guardado em nós, naquele lugar secreto.Temos em nós as ferramentas para a nossa atuação no mundo." Um texto muito rico, que nos fala de nossas programações, nossos padrões recebidos, adquiridos e criasdos por nós. Cabe a nós tomar consciência e fazer da vida um presente ou não.

Deixe uma resposta para Elizabeth Maria Lages Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *