Condições para um desenvolvimento saudável da memória


CONDIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO SAUDÁVEL DA MEMóRiA

Edmond Schoorel


A memória e a imaginação estão intimamente relacionados. Quando estimulamos as crianças a terem imaginação (em suas brincadeiras, por exemplo) e serem criativas, e quando valorizamos seu mundo de faz de conta durante o seus primeiros sete anos, também a ajudamos a ter uma boa memória, quando vão a escola mais tarde.


As crianças pequenas não relacionam fatos; fatos não querem dizer nada pra elas. Suas almas só podem trabalhar com imagens que são, simultaneamente, a realidade da criança, bem como as imagens dessa realidade. As imagens estão abertas e podem crescer; isso é diferente com demonstrações intelectuais.

Quando eu uso a palavra “imagem”, eu não quero dizer um conto de fadas mostrado na TV ou histórias retratadas em histórias em quadrinhos. O que eu quero dizer são as imagens que as crianças podem fazer delas mesmas quando os adultos estão falando com elas e estão vivamente e imaginativamente retratando para si mesmos, o que eles estão falando.

O desenvolvimento da memória ocorre em fases, e a educação adequada fará uso disso. Na primeira fase, as crianças precisam de objetos físicos para apoiar sua memória. Na segunda fase, as crianças necessitam cantar, repetir, criar o sentido através do qual a memória pode ser ativada. Somente na terceira fase, as crianças podem começar a praticar retratando eventos em suas próprias almas.

A memória e a imaginação estão intimamente relacionados. Quando estimulamos as crianças a terem imaginação (em suas brincadeiras, por exemplo) e serem criativas, e quando valorizamos seu mundo de faz de conta durante o seus primeiros sete anos, também a ajudamos a ter uma boa memória, quando vão a escola mais tarde.

As crianças não precisam entender nada; é ainda melhor quando não entendem.

Uma imagem ou uma imaginação que é incompreensível para elas tem o poder de germinar. Nas regiões inconscientes da memória, ela encontra um lugar entre outras experiências de vida. Se fossemos explicar tudo em um nível que fosse entendido pelas crianças, tornaríamos mais difícil para elas entenderem qualquer coisa em um nível mais elevado na vida adulta.

É essencial para as crianças ter a oportunidade de fazer perguntas; elas ainda não têm respostas no nível do seu entendimento. Mistérios são interessantes, porque não temos uma resposta para eles.

Nós ajudamos as crianças na idade pré-escolar quando, no primeiro ou segundo dia, as levamos a concentrar-se em silencio numa observação, um quadro ou uma imaginação. Isso é um alivio, especialmente para as crianças com uma inquietação interna. Se as crianças têm esses momentos; então, pelo menos algumas imagens um dia podem tomar um percurso regular do inconsciente. Isto traz ordem abaixo do diafragma.


APOIE ESTE TRABALHO:


Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *