EU TAMBÉM ESTOU CANSADO…


HOJE EU ESTOU CANSADO…

Texto do Dr. Adriano Vendimiatti – médico emergencista

Fonte: https://www.facebook.com/adriano.vendimiatti

Comentários de Leonardo Maia


Os números estão virando pessoas conhecidas… e daí? E daí sim, todo mundo vai ter uma tragédia para chamar de sua.


Deixo aqui o relato do Dr. Adriano Vendimiatti – médico emergencista, cujo perfil é verdadeiro:

“Hoje eu estou cansado.

Atendi no setor próprio para gripe/Covid o dia todo. Pessoal chama de “gripário”. Devo ter mandado para casa pelo menos 20 pacientes que com certeza estão com Coronavírus, 5 deles colegas da saúde.
O serviço não é pesado, mas estou moído, com dores nas costas que não passam.

Sabe por que?

Estou cansado de dizer aos pacientes que não podemos testa-los. Que eles terão de conviver com o medo e a insegurança por mais duas semanas até os sintomas cessarem, sendo bombardeados todos os dias com noticias de mortes e sequelas, sempre se perguntando “eu sou o próximo?”.

Cansado de não ter o que prescrever, de ter de responder perguntas e mais perguntas sobre cloroquina, annita e anticoagulantes, perguntas essas que nem eu nem ninguém tem a resposta ainda. E para cada paciente que eu prescrevo algo sempre fica o medo ou o remorso de não saber se pequei por excesso ou por falta.

Cansado de ver os números aumentarem. De a cada dia mais e mais leitos “normais” serem convertidos em leitos Covid, sabendo que um dia não vai ter onde colocar esses pacientes.

Cansado da descrença de pacientes e colegas, que ainda hoje dizem que exageramos nas medidas, que a mídia aumenta, que governador infla estatística para derrubar o presidente, que estão falsificando atestado de óbito, que no final não vai ser tão ruim assim.

Cansado também de gente dentro e fora do hospital tirando sarro de que tem pronto-socorro vazio, sem entender que não deixamos os covids no ps, e que se o isolamento social funciona tem menos acidentes, brigas, etc, e por isso o ps está “vazio”.

E cansado de dizer que se tivéssemos em dias “normais” a saúde já teria colapsado.

Cansado de combater fake news, aqui, nos grupos de WhatsApp, nas conversas, até mesmo nas consultas, repetindo inutilmente o mantra “pesquise antes de postar”.

Cansado de ter de me paramentar inteiro como se fosse para guerra (na verdade, estou indo) tendo que passar sede ou segurar para ir no banheiro porque quando tiramos o EPI é que corremos o maior risco de se contaminar.

Cansado também de não saber até quando vamos ter os EPIs.

E, por último, cansado de não saber quando eu vou pegar (porque eu vou) nem de como vai ser, se vai ser grave, se vou ser entubado, se vou sobreviver. Pior do que tudo, se vou passar isso para a minha família, para quem eu amo.

O Brasil, subnotificado, sem testes, colhendo exames só de quem é internado (e ás vezes perdendo esses exames por mal transporte ou mal armazenamento), o Brasil que está a cegas, que não sabe quantos casos tem de verdade, contabilizou 70.000 casos (5.000 só hoje) com 5.000 mortes, 400 hoje. Mais mortes que a China, mais mortes por dia que Itália, França ou Espanha.

Mas, como somos 230 milhões, você não vai sentir isso na pele. Mesmo que fossem 700.000 casos e 50.000 mortes a grande chance de você não ter pego ou ninguém da sua família. Mas um dia vai ser 1 milhão, 10, 20. E daí sim todo mundo vai ter uma tragédia para chamar de sua.

Mas, quer saber? Estou cansado de dizer isso também.”

Dr. Adriano Vendimiatti – médico emergencista (O perfil pode ser verificado no link da fonte)

Feia demais a situação em que nos colocaram, do ponto de vista ético, moral e social… e pior, a oposição a este governo fica lutando contra barbáries e absurdos, além de tentar expor as sujeiras, mentiras e manipulações que eles ficam fazendo, ou seja, não existe um movimento de governança, existe basicamente uma luta. Eles querem imputar uma ideia que todos são comunistas e querem roubar nossos bens, criar uma ditadura autoritária, roubar, destruir valores morais e cristãos para impor uma agenda econômica que os beneficia e seus financiadores, além de seus fanatismos pessoais – os quais alimentam ódio, preconceitos, ignorância, desrespeito, violência e etc contra vários grupos: Comunista é o novo negro, judeu, gay, bruxa, pagão, muçulmano e etc… no sentido do preconceito e marginalização, ou até mesmo, bem além, no sentido de extermínio. Têm como inimigos os educadores, os artistas, a cultura, os pensadores, os cientistas, os ativistas sociais, os humanistas… (tudo comunista).

E, infelizmente, temos várias pessoas, uma grande massa, que são suscetíveis à tais ideias e ideais… ou mesmo que se identificaram com elas, e então encontraram forças e apoio para “sair do armário”. Estas são as subconsciências que estão alimentando os impulsos que degradam os valores e as perspectivas da humanidade.

Esta semana o Governo Bolsonaro excluiu humanas de edital de bolsas de iniciação científica, ou seja, estudantes de graduação de áreas como educação, direito, economia, ciências sociais e filosofia não poderão acessar as 25 mil bolsas oferecidas. Por que? Porque tudo que pode se opor à ideologia do governo deve ser combatido. Já trouxe aqui o pensamento do Ministro da Educação, demostrado em uma resposta a um estudante de filosofia que perguntou sobre o corte de bolsas da área de humanas:

“Neném ficou bravo? Acabou a mamadeira? Tira o alargador da orelha, toma um banho, arruma um trabalho e você pode estudar o “lixo” que quiser! COM O SEU DINHEIRO! Não com o dinheiro dos nossos impostos.” – Ministro da Educação Abraham Weintraub (Twitter)

Detalhe que esse “lixo” que ele menciona são as ciências humanas e, no caso específico, filosofia.

Um Ministro da Educação que é contra o pensamento… que pejora as ciências humanas. Aliás, este é o perfil da grande maioria dos escolhidos do governo. Os artistas são vagabundos que querem mamar nas “tetas do governo”. Assim como ativistas sociais, ambientais, ongs e etc…. os professores são doutrinadores e todos são inimigos.

E para os antropósofos que apoiam o governo, deixo aqui uma revelação: isto não é Antroposofia, aliás vai totalmente contra tudo que Rudolf Steiner trouxe. E não adianta falar de comunismo e socialismo, ou Lula e PT, isto é sobre altruísmo, compaixão, reverência à vida, dignidade do próximo, respeito, liberdade, consciência (pensar por si) e acima de tudo: Amor.

Cada dia é uma mentira nova espalhada nas redes por robôs, para dissolver a percepção da realidade e alicerçar intrigas e mentiras nestas subconsciências que os apoiam…

Por exemplo, esta semana, Christopher Bouzy, o criador do BotSentinel – sistema de verificação de hashtags alimentadas e movimentadas por robôs e contas inautênticas no TWITTER – se diz surpreso com o volume de tags bolsonaristas movimentadas por robôs…

Essa difusão de mentiras ocorre sistematicamente para manipular as subconsciências e gerar movimentos específicos para a manutenção de suas agendas e o volume é gigantesco, além de ser foco quase que exclusivo de um grande volume de funcionários do governo (inclusive filhos do presidente) para doutrinar a população com suas ideias e inverdades, funcionários estes que deveriam estar buscando soluções para os problemas reais do país.

Agora me perguntem, o que isso tem a ver com Antroposofia? Eu respondo com toda a segurança: tudo. A Antroposofia foi criada com uma perspectiva de ajudar no caminho para o futuro da humanidade e sua evolução e isto que está ocorrendo vai contra tudo que ela coloca.

Eu também estou cansado…

Leonardo Maia


Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:


 AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *