O LADO SOMBRIO DA CONVICÇÃO PESSOAL


O LADO SOMBRIO DA CONVICÇÃO PESSOAL

Rudolf Steiner (GA 34 – Lucifer / Gnosis)

Tradução livre: Leonardo Maia


“Aqueles que se apegam firmemente a sua convicção, muitas vezes mostram intolerância em seus sentimentos e pensamentos, o que torna impossível para eles se envolverem nas opiniões dos outros.”

Rudolf Steiner


“O lado sombrio da convicção pessoal é obstinação, libertinagem, orgulho em nossos pensamentos. Por melhor que seja defender a própria opinião sem reservas, de outro ponto de vista, é necessário afirmar também as ideias dos outros seres humanos.

E quão pouco isso se ajusta ao caráter daqueles que se apegam firmemente a sua convicção! Muitas vezes mostram intolerância em seus sentimentos e pensamentos, o que torna impossível para eles se envolverem nas opiniões dos outros.

Claro: quase sempre eles defendem a importância da tolerância. Mas, na prática, dificilmente podem administrá-lo, porque não se trata de reconhecer um princípio, mas de vivê-lo. Deve-se torná-lo seu por meio da prática. Deve-se acostumar com a tolerância interior, a tolerância de pensamento, por meio de uma autodisciplina estrita. E se você administrar nos menores momentos, eventualmente se tornará uma característica fundamental para toda a sua vida.”

Rudolf Steiner (GA 34 – Lucifer / Gnosis)

Tradução livre: Leonardo Maia


 RECEBA NOSSA NEWSLETTER:


 AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *