O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio

O LIMIAR ENTRE O RESPEITO E A DOUTRINAÇÃO DO PENSAMENTO ALHEIO

Leonardo Maia

amor ao próximo

Inscreva-se em nosso site e receba informações sobre os trabalhos da Biblioteca:

inscreva se

linha

“Hoje existem belíssimos discursos em prol da liberdade, das minorias, contra o preconceito e a violência, mas basta uma divergência de opinião ou pensamento que toda essa elevação transforma-se no famoso “discurso de ódio”, tão comum hoje em dia, principalmente nas mídias e rede sociais: julgamentos, comentários pejorativos, sarcasmo, insultos e até incitação à violência… Uma ação muito comum hoje em dia, é apontar aspectos considerados negativos de uma postura divergente para justificar a minha própria forma de pensar, mesmo que essa postura seja de âmbito exclusivamente individual e não tenha influência direta sobre mim. Na verdade isso seria uma tentativa de doutrinar o pensamento alheio, fazer prevalecer a minha forma de pensar sobre a do outro. Não basta que vc respeite a minha opinião e ideologia, você tem que segui-la, para isso eu busco formas pejorar a sua forma de pensar, ou simplesmente atacando suas ideologias, escolhas, atitudes e etc. Isso acaba atingindo todas as vertentes de pensamento, e as pessoas sempre se justificam baseando-se em suas crenças individuais, mas não percebem que estão disseminando a discórdia, a violência e a intolerância. Quem está certo? Provavelmente apenas o intolerante… que por sua certeza se dá o direito de atacar os ignorantes que pensam de forma diferente e busca doutrinar suas ideologias com a luz de seu próprio pensamento. Eu acredito que o respeito e o amor ao próximo são as grandes chaves para o altruísmo e para a paz nas relações. Dessas forças realmente pode acontecer uma magia que reflete no interior de cada ser humano para a elevação de pensamento, ética e moralidade, seja quais forem as minhas escolhas e ideologia…”

Vc consegue respeitar o outro e suas escolhas?

Defende a liberdade de expressão, preferências sexuais, religião e ideologia alheia?

Mas vc defende a liberdade daqueles que vão contra as suas próprias escolhas, preferências e ideologias?

Hoje existem belíssimos discursos em prol da liberdade, das minorias, contra o preconceito e a violência, mas basta uma divergência de opinião ou pensamento que toda essa elevação transforma-se no famoso “discurso de ódio”, tão comum hoje em dia, principalmente nas mídias e rede sociais: julgamentos, comentários pejorativos, sarcasmo, insultos e até incitação à violência…

Este tipo de comentário traz alguma mudança positiva?  O que está acontecendo?

Muitas pessoas podem negar que fazem parte deste enorme grupo que difunde esses discursos de ódio, mas talvez nem percebam que o fazem.

Vc faz comentários pejorativos sobre comportamento, ideologias ou escolhas alheias?

Uma ação muito comum hoje em dia, é apontar aspectos considerados negativos de uma postura divergente para justificar a minha própria forma de pensar, mesmo que essa postura seja de âmbito exclusivamente individual e não tenha influência direta sobre mim.

Na verdade isso seria uma tentativa de doutrinar o pensamento alheio, fazer prevalecer a minha forma de pensar sobre a do outro. Não basta que vc respeite a minha opinião e ideologia, você tem que segui-la, para isso eu busco formas pejorar a sua forma de pensar, ou simplesmente atacando suas ideologias, atitudes e etc, mesmo que elas digam respeito unicamente ao seu universo individual.

Isso acaba atingindo todas as vertentes de pensamento, e as pessoas sempre se justificam baseando-se em suas crenças individuais, mas não percebem que estão disseminando a discórdia, a violência e a intolerância. Algo realmente muito perigoso e está acontecendo.

As pessoas que expressam suas opiniões, mesmo que respeitosamente, são agredidas gratuitamente apenas por terem ideologias diferentes.

Por exemplo, a preferência sexual. Isso diz respeito ao âmbito individual e por isso deve ser respeitado independentemente. Mas as pessoas são agredidas por isso.

Por outro lado, temos defensores desta liberdade de escolha. Mas se observarmos mais atentamente, existe um grande grupo que não tolera o respeito ao indivíduo e suas escolhas apenas, eles exigem que as pessoas tenham isso como um padrão de normalidade em suas ideologias. Elas defendem a passeata GLS, o “beijo gay” na mídia mas não toleram nenhuma manifestação de quem considera isso pecado ou mesmo uma subversão contra os valores tradicionais da família, contra a moral e os bons costumes – como muitos evangélicos, cristãos e pessoas conservadoras, mesmo que eles o façam com todo o respeito.

Outro âmbito interessante para se considerar seria a Liberdade Religiosa. Vem de tempos os conflitos gerados pela religião e hoje ainda existe muito preconceito. Críticas e intolerância à religião ou crenças alheias são muito comuns. Como considerar que respeito a religião alheia se não aceito que ele tenha sua ideologia vinculada às suas crenças? Meu respeito cai por terra se sua religião considera pecado a mulher mostrar o rosto, pecado se relacionar com pessoas do mesmo sexo, que devemos pagar o dízimo, permite incorporações de entidades ou mesmo rituais com sacrifício de animais (mesmo que eu pague para que o matadouro faça isso por mim) ou até mesmo se ele não acredita em Deus?

Sexismo: vc faz comentários pejorativos à mulher pelo seu modo de vestir, modo de dançar, ou por ela se dar o direito de fazer sexo casual, se ela não se importa em beijar outras mulheres ou escolher sua carreira em detrimento aos filhos e ao lar?

E ao homem que acha que a mulher deva se preservar, evitar o excesso de baladas, que procura relacionamentos com mulheres que irão dar prioridade ao lar, aos filhos e ao marido?

E não para por aí… reflete na política, na forma que se conduz a educação dos filhos, na alimentação (vegano/carnívoro), na forma com que passo meu tempo, com meus gostos musicais, na forma com que gasto meu dinheiro e etc…

É uma intolerância com a ideologia alheia, quando na verdade devíamos estimular o respeito à ela, desde que ela não ultrapasse o limiar do respeito ao próximo e suas escolhas individuais.

A pessoa acredita que a mulher mostrar o rosto é pecado? Desde que ele não obrigue nenhuma mulher a fazer isso, respeite-o.

A mulher quer escolher a carreira em detrimento aos filhos? Respeite-a.

O homem quer casar com uma mulher que seja dona-de-casa? Respeite-o.

A pessoa é homossexual? Respeite-a.

A pessoa acha que homossexualidade é pecado? Respeite-a.

A pessoa é evangélica? Respeite-a.

A pessoa não acredita em Deus? Respeite-a.

Quem está certo? Provavelmente apenas o intolerante… que por sua certeza se dá o direito de atacar os ignorantes que pensam de forma diferente e busca doutrinar suas ideologias com a luz de seu próprio pensamento.

Eu acredito que o respeito e o amor ao próximo são as grandes chaves para o altruísmo e para a paz nas relações. Dessas forças realmente pode acontecer uma magia que reflete no interior de cada ser humano para a elevação de pensamento, ética e moralidade, seja quais forem as minhas escolhas e ideologia.

linha

VAMOS MUDAR NOSSA REALIDADE…

unlock 3

Ajude nossos filhos e futuras gerações, apoie um trabalho com sentido:

Quero ajudar – clique aqui

 

linha

Últimas postagens – Leia também:

  • O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio Fingers Pointing Each Other
  • A opinião que difere da minha A opinião que difere da minha
  • Conexão interna: Estamos distraídos Conexão interna: Estamos distraídos
  • Vincular uma tarefa ao seu destino Vincular uma tarefa ao seu destino
  • Jardim de sojas Jardim de sojas
  • Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos
  • A tirania e o corrompimento da alma A tirania e o corrompimento da alma
  • Os véus da percepção Os véus da percepção

Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:

4 opiniões sobre “O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio”

  1. Muito bom o texto! Vejo tantos conflitos atualmente por causa de divergência de opiniões… como se houvesse uma única verdade, o certo e o errado. Que possamos alcançar o respeito diante da diversidade, pois como bem disse Ermance… Diferenças não são defeitos"…

Deixe uma resposta para Vivianne Rocha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *