Rudolf Steiner: Micael, Ahriman e as Forças Intelectuais


MICAEL, AHRIMAN E AS FORÇAS INTELECTUAIS

Rudolf Steiner

Tradução Livre: Leonardo Maia

Fonte: Página Sur Antroposófico no Facebook


Ao contemplar a relação entre Micael e Ahriman, surge inevitavelmente a questão: como se relacionam estes dois poderes espirituais dentro de todo o complexo cósmico, enquanto ambos estão envolvidos com a evolução das forças intelectuais?


Micael exerceu o poder do intelecto através do cosmos em tempos passados. Fez isto como um servidor dos poderes espirituais divinos a quem tanto ele como o homem devem as suas origens. A sua vontade aponta para manter esta relação.

Quando esta força intelectual se desligou dos poderes espirituais divinos para se tornar parte da mente humana, Micael decidiu posicionar-se corretamente em relação à humanidade, de modo que o homem pudesse estabelecer uma relação própria com a força intelectual. O seu objetivo consistia em alcançar isto de acordo com os desígnios dos poderes espirituais divinos, sempre predisposto ao serviço. Por conseguinte, a sua intenção é que a corrente intelectual flua através dos corações humanos no futuro, mas sem que essa corrente veja a sua natureza modificada de como fluía dos poderes espirituais divinos em princípio.

Com Ahriman acontece algo muito diferente. Este ser se desligou da corrente evolutiva muito antes. Já num passado remoto tinha sido capaz de se tornar uma potência cósmica. No presente, ele se localiza espacialmente no mesmo mundo em que se encontra o homem. Acontece que quando a força intelectual se desassocia dos seres espirituais divinos e se torna parte do mundo humano, Ahriman experimenta uma afinidade tal com esta força intelectual que lhe é possível juntar-se a ela por meio da humanidade. Aquilo que o homem recebe no presente como um dom do cosmos, Ahriman já o tinha conseguido em eras remotas. De forma a cumprir as suas intenções, Ahriman faria o intelecto que o ser humano recebe em um similar ao seu.

Rudolf Steiner, o mistério de Micael, GA 26

Quer saber mais sobre a relação de Ahriman e Lúcifer com o contexto atual, suas influências e efeitos na alma humana que culminam na atual relativização do mal, indiferença ao sofrimento alheio, fanatismo e enfraquecimento das forças do coração? Participe da palestra online, dia 13 de agosto:

https://www.sympla.com.br/o-que-esta-acontecendo-de-uma-perspectiva-oculta-na-consciencia-humana__907091


DIA 13 DE AGOSTO, PALESTRA ONLINE:

“A pior peste não é que mata os corpos, mas que desnuda as almas, e esse espetáculo costuma ser horroroso.” – Albert Camus

Temas abordados:

– Encarnação planetária atual: Terra – desenvolvimento do EU/ consciência de si mesmo;
– Desenvolvimento gradual do ser humano: biografia, reencarnação e carma;
– O homem primitivo, o homem mediano e o homem evoluído;
– O ego e o caminho para o altruísmo;
– Liberdade, desenvolvimento moral e o Amor Universal;
– A estruturação social;
– Síndrome do pensamento acelerado: excesso de informações, tecnologia e a compressão temporal;
– Mecanização e automatização do pensar;
– Isolamento anímico e as relações sociais superficiais;
– A formação de bolhas nas redes sociais, as fake news e a falsa propaganda;
– As egrégoras de medo e ódio e seus impactos no pensar e sentir humanos;
– Os dogmas morais e o fanatismo cego;
– O fanático X o desonesto intelectual;
– A consciência pontual e o pensar vivo (espiritual);

Palestra em formato de slides com comentários.
Linguagem simples e acessível.
Sem técnicas de convencimento ou doutrinação, buscando apenas coerência na linha de causalidade por reflexão.

“Não há religião superior à verdade.” – Helena Blavatsky

Data: 13 de agosto – quinta feira às 20h
Valor: R$ 60,00
Vagas limitadas!!!

Devido a solicitações das Instituições, quero colocar que minhas opiniões não refletem necessariamente posições da Antroposofia, das instituições antroposóficas e da Sociedade Antroposófica no Brasil ou a Geral.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *