Sobre a Alma da Consciência


SOBRE A ALMA DA CONSCIÊNCIA

Owen Barfield

Fonte: owenbarfield.org

Tradução Livre: Leonardo Maia


A tragédia do nosso tempo é que a consciência imaginativa-romântica está sendo minada. Na Alma da Consciência, experimentamos um vazio, do qual pode emergir um conhecimento de que a verdade reside na beleza e na imaginação.


Os seres humanos são um “microcosmo” que evolui de um “macrocosmo” e finalmente retornam a um “estado de unificação”.

Em nossa era, o Ego Humano operando através do Corpo Físico é a causa do nosso senso de separação.

O isolamento é mais completo no Corpo Físico e no estágio correspondente da Alma da Consciência, durante o qual o microcosmo é total e finalmente separado do macrocosmo.

Na Alma da Consciência, experimentamos um vazio, do qual pode emergir um conhecimento de que a verdade reside na beleza e na imaginação.

A tragédia do nosso tempo é que a consciência imaginativa-romântica está sendo minada. A antroposofia fornece uma saída; pode-se descobrir que a fonte da vida está dentro e não fora.

Em nosso tempo, o período de desenvolvimento nascente da Alma da Consciência está terminando, para que não confiemos mais na mera experiência. Em vez disso, há uma busca frenética por significado. Mas o significado só pode ser respondido pela Alma Racional apenas se o “interior/exterior” ou o “subjetivo/objetivo” é entendido em sua profundidade.

Isso porque, durante a passagem da humanidade por esse período, ocorreu a ação que resolveu o problema da subjetividade? A Encarnação de Cristo.

O significado entrou na Humanidade na era da Alma Racional, de modo que, na era da Alma da Consciência, poderemos descobrir esse significado por nós mesmos.

Owen Barfield


Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:


 AJUDE A MANTER A BIBLIOTECA NO AR:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *