Um terrível mal de nossos tempos, por Rudolf Steiner

Um terrível mal de nossos tempos

Rudolf Steiner – GA 186

Fonte: www.rudolfsteinerquotes.wordpress.com – clique e conheça

um terrível mal

Inscreva-se em nosso site e receba informações sobre os trabalhos da Biblioteca:

inscreva se

linha

 “Olhe para trás em sua vida e preste menos atenção para o que lhe interessa em sua própria pessoa e muito mais para aquelas figuras que tenham estado em contato com você, educando, fazendo amizade com você, ajudando, talvez até o ferindo – muitas vezes de uma maneira útil. Uma coisa que irá tornar-se evidente para você é como uma pessoa realmente pode contribuir para vc se tornar o que é.  Nós, então, escapamos desse terrível mal de nossos tempos, a que tantas pessoas são vítimas, de pensar apenas em nós mesmos. É extremamente necessário que devamos nos libertar desse egoísmo. Qualquer um que tenha sentido o poder de tal auto observação, como a que acabo de descrever, vai encontrar-se muito mais desinteressado em gastar tempo meditando egoisticamente sobre sua própria vida.”

Rudolf Steiner – GA 186

linha

Se uma pessoa olha para trás de uma forma mais analítica ao ele tem experimentado na infância, juventude, etc, emerge das profundidades do Espírito, várias pessoas que tiveram algo a ver com sua vida em todos os tipos de relações.

Olhe para trás em sua vida e preste menos atenção para o que lhe interessa em sua própria pessoa e muito mais para aquelas figuras que tenham estado em contato com você, educando, fazendo amizade com você, ajudando, talvez até o ferindo – muitas vezes de uma maneira útil.

Uma coisa que irá tornar-se evidente para você  é como uma pessoa realmente pode contribuir para vc se tornar o que é. Outra coisa importante em nós é que devido ao fato de que uma pessoa ou outra entrou em contato com a gente em uma determinada ocasião, e – talvez, sem saber porque, ou talvez, estar plenamente consciente do fato – chamou a nossa atenção para algo.

Num sentido abrangente, uma pesquisa realmente analítica de nossas vidas é composta de todos os tipos de coisas que nos dão a oportunidade de não mais mergulhar egoisticamente em nosso próprio ser,  meditar sobre nós mesmos egoisticamente, mas para levar-nos a alargar a nossa visão e incluir essas figuras que entraram em contato com a gente.

Vamos mergulhar-nos com amor verdadeiro ao que veio ao nosso encontro em nossa vida. Vamos, muitas vezes, descobrir que o que evocou uma antipatia em nós em um determinado período já não é tão desagradável para nós depois que o tempo passou, porque nós começamos a ver uma conexão interna.

O fato de que fomos afetados de forma desagradável em um determinado momento por uma pessoa ou outra pode ter sido útil para nós. Nós podemos, muitas vezes, ganhar mais com o mal que uma pessoa fez para nós do que com a ajuda que nos é oferecida por outra. Seria muito vantajoso para uma pessoa se ela exercesse mais frequentemente tal levantamento de sua vida, e deve permear a sua vida com as convicções que fluem de sua auto observação.

“Eu realmente tenho que me ocupar comigo mesmo! Como incomensuravelmente mais rica se torna a minha vida, quando eu olho para trás para todos aqueles que entraram na minha vida!”

Desta forma, libertamo-nos de nós mesmos quando efetuamos uma vistoria mais altruísta. Nós, então, escapamos desse terrível mal de nossos tempos, a que tantas pessoas são vítimas, de pensar apenas em nós mesmos. É extremamente necessário que devamos nos libertar desse egoísmo.

Qualquer um que tenha sentido o poder de tal auto observação, como a que acabo de descrever, vai encontrar-se muito mais desinteressado em gastar tempo meditando egoisticamente sobre sua própria vida.”

linha

Tem uma preocupação com a Educação?

unlock 3

Ajude a Biblioteca a divulgar seus conteúdos, contribua:

Quero ajudar – clique aqui

 

 

linha

Últimas postagens – Leia também:

  • O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio O limiar entre o respeito e a doutrinação do pensamento alheio Fingers Pointing Each Other
  • A opinião que difere da minha A opinião que difere da minha
  • Conexão interna: Estamos distraídos Conexão interna: Estamos distraídos
  • Vincular uma tarefa ao seu destino Vincular uma tarefa ao seu destino
  • Jardim de sojas Jardim de sojas
  • Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos Generalização: inquisição, escravidão e nazismo ocultos
  • A tirania e o corrompimento da alma A tirania e o corrompimento da alma
  • Os véus da percepção Os véus da percepção

Sinta se o conteúdo faz sentido para você ou não para compartilhar:

Uma opinião sobre “Um terrível mal de nossos tempos, por Rudolf Steiner”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *